Kianda

foto3institucionalComunidade de jongo Kianda

O jongo Kianda foi criado no ano de 2004 a partir de uma preocupação pontual, a saber, resgatar, revitalizar e preservar a cultura afro-brasileira no litoral norte paulista. O grupo surgiu atrelado à comunidade de terreiro Ilê Un Zambi, comunidade que há mais de 30 anos se constitui como um espaço de saberes e fazeres negros, sendo reconhecida pelo IPHAN como sítio arqueológico, bem como, uma referência da tradição banto na região.

As fronteiras entre a comunidade Kianda e o terreiro são tênues retomando a própria origem da formação do jongo no Brasil. Muitas manifestações culturais afro-brasileiras nasceram nos terreiros, no momento em que se quebravam os laços religiosos, profanando as danças, cantigas e tambores. Assim, a comunidade Kianda empresta do terreiro algumas tradições, o que leva a construir sua identidade em torno do peso e importância histórica do terreiro e da própria memória das comunidades de jongo que existiram no litoral paulista.

Pin It